quinta-feira, 21 de junho de 2012

DESACORDAR


Somos românticos incorrigíveis
O coração teima e se embrenha de novo
Brinca de esconde- esconde da gente,
Mostra-se acanhado em sonhos impossíveis
O sentimento não cumpre acordos
Derruba os tabus, encara a barreira.
Às vezes volta atrás e depois vai em frente,
Desmente a razão, capricha e titubeia.
Ah coração vagabundo!
Sofre, se rasga,  mas não renega o que sente
Diante da "gritaria surda do mundo."

Rio, 21 de junho de 2012.
Nathalia Leão Garcia 



ENVIO AO CÉU

             Meu querido amigo Israel!           Hoje lhe conto da emoção que reverbera no meu ser, com a leitura do Conto Olhos D´água...