sexta-feira, 15 de junho de 2012

HUMANOS HERÓIS


Sós com a bravura e a loucura.
Solidão é uma canção
A alma reflete o sol que desejamos
Vamos dinamitar o prédio
Que nos encarcera e isola.
Loucos somos e ousamos.
Ouçamos a voz do coração
Que grita e se eleva na rotina
Vislumbramos uma ponte de união
Com outros seres que buscam afeto
Queremos ser amados e amamos
Guardamos a fome do exílio
O olhar traz o brilho estampado na retina
Sonhamos com a poesia que nos salvará do tédio.
O amor é a promessa de volta ao idílio.

Rio, 15 de junho de 2012.
Nathalia Leão Garcia




ENVIO AO CÉU

             Meu querido amigo Israel!           Hoje lhe conto da emoção que reverbera no meu ser, com a leitura do Conto Olhos D´água...