sexta-feira, 17 de agosto de 2012

SENTIMENTO PROFUNDO


Emoção deságua em lágrimas
pela beleza das palavras.
O nó que se faz na garganta.
A busca do sentimento de família perdido.
Onde está o valor das coisas que esquecemos?
Desabo inundada por essa avalanche de humanidade.
Por quê me entrego aos caprichos do coração?
O que resta de mim
além das fronteiras do que sinto?
A vida tem tão pouco sentido
além do amor.
Não quero pódio nem premio.
Quero colo.
Quero morar num abraço.
Neste milênio
o que preciso é achar o meu pedaço.
Encontrar o calor
do meu verbo abolido.
E nunca mais me desfazer da lembrança
das manhãs em que o sol me atravessa
e acalenta meus sonhos de algodão.

Nathalia Leão Garcia 
Rio, 17 de agosto de 2012. 




ENVIO AO CÉU

             Meu querido amigo Israel!           Hoje lhe conto da emoção que reverbera no meu ser, com a leitura do Conto Olhos D´água...