terça-feira, 21 de agosto de 2012

TRÂNSITOS


Saturno representa o que temos de levar a sério, o peso da existência, o concreto, o material, o que precisamos respeitar.

Vênus é a imagem do que sentimos, como amamos, o quê amamos. A atração, a beleza, a suavidade.

Precisamos assegurar o nosso sustento e atravessar os desertos, cuidar das feridas, juntar os cacos.

Mas, o nosso eterno sonho de aconchego, de amparo e colo nos faz buscar o amor, o encontro com o outro.
Prazer e dor às vezes se confundem em tortuosos passos.
Para alcançar o que desejamos às vezes nos oferecemos a doces torturas.
Os jogos adultos nos fragmentam e deixam aos pedaços.
Mas, só o próprio sujeito pode recolher seus estilhaços e reinventar-se!
As minhas lacunas só eu posso preencher.
Manter a minha criança interior me resguarda da perda do que tenho de melhor.
Os descaminhos nos levam a nos afastar da nossa natureza.
A escolha é solitariamente individual.
Somos responsáveis pelas nossas escolhas.
O traçado da travessia faz toda a diferença.
Por isso, vivo com intensidade as perdas, o luto, os danos até o mais fundo.
Experimento a minha fragilidade na sua expressão absoluta.
Porém quando volto à tona, ressurgida das cinzas,
me revigoro e renasço como Fênix do fogo!


Nathalia Leão Garcia 

Rio, 20 de agosto de 2012. 



ENVIO AO CÉU

             Meu querido amigo Israel!           Hoje lhe conto da emoção que reverbera no meu ser, com a leitura do Conto Olhos D´água...