quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

ACEITAÇÃO




Somos as nossas contradições, incongruências e dúvidas.
Não somos perfeitos, simétricos nem lineares.
Somos sujeitos a chuvas e trovoadas.
Não somos tudo o que se quer.  
Somos as dádivas e as dívidas.
Não somos a soma dos medos
Somos o talvez, o que der e vier.
Não somos santos nem cínicos
Somos princípio, meio e fim
Não somos a certeza nem a frieza
Somos mais de que a promessa de vida.
Enfim não somos mais do que a beleza da incerteza  
e a liberdade de escolha de ser simples assim.

Rio, 31 de janeiro de 2013.

Nathalia Leão Garcia



ENVIO AO CÉU

             Meu querido amigo Israel!           Hoje lhe conto da emoção que reverbera no meu ser, com a leitura do Conto Olhos D´água...