SUMÁRIO DO BLOG ATREVIDA À FLOR DA PELE


  1. Actress
  2. Elementary why
  3. Being
  4. O sujeito na pós modernidade, a insustentável fluidez 
  5. Envio ao céu
  6. Reflexões sobre a violência
  7. Confissões de uma rejuvenescente
  8. Desalento
  9. Grão
  10. A fome nos olhos do tigre
  11. Bem vindo de volta filho
  12. Sou grata por partilhar do ponto de luz!
  13. Dia seguinte
  14. Nothing like the light
  15. Tribute
  16. Forgiveness
  17. Minha história de participação Política 
  18. Desabafo
  19. #MeuPrimeiroAssédio
  20. Eu luto como mulher
  21. Tudo o que eu queria te dizer pai
  22. A cura pela palavra
  23. Experiência pessoais Blog Tata Turismo: minha vida como professora do SENAC 
  24. Chora o Rio
  25. Hoje é dia de ser feliz! 
  26. Réquiem ao sem sentido
  27. Cinismo com gelo
  28. Viagem insólita
  29. Vida viva
  30. 20 anos ! Feliz cidade; Idade feliz!
  31. Cantante
  32. Considerações sobre a transitoriedade
  33. Sintonia 
  34. Ruídos Etéreos 
  35. Estranha
  36. O inexplicável
  37. Tempo em tempo
  38. Iluminado
  39. Pelo voto se bate
  40. As manhas do tempo
  41. Desaguar sem fim
  42. Mensagem do coração
  43. A memorável festa de aniversário
  44. Versar com
  45. Ornitofobia
  46. Prosa em tempos de cólera
  47. Epopeia do devaneio alquímico
  48. Declaração atrevida de amor à arte da adoração 
  49. Me resuscita
  50. Canções e contradições
  51. Contradições e paixões
  52. Conto de saudade e gratidão
  53. Drible arriscado
  54. Enigma
  55. Sinfonia de Outono
  56. O indizível
  57. Quase miragem
  58. Ciranda poética: Doação - Josette Garcia 
  59. Bloco ciranda poética duetos
  60. Evocação
  61. Versos dourados
  62. A naufragada civilidade
  63. Murderous
  64. Janeiro
  65. Sedução
  66. Transformação
  67. Depuração
  68. Canto de separação
  69. Sobre a transitoriedade
  70. Estações
  71. Resquícios
  72. Em pelo 
  73. I Haicais 
  74. Sting - Be still my beating heart 
  75. Artifícios antinaturais
  76. Impermanência
  77. Fogueiras sem vaidades
  78. In-sustentável
  79. Metamorfosear
  80. Tracce
  81. Cor-agem ações com coração
  82. Prelúdio
  83. Suplicante
  84. Divagações
  85. Vertiginous
  86. Ser em mutação
  87. Azul da cor do céu
  88. Labirinto essencial
  89. Des- amor em flor
  90. Terceira canção
  91. Ecos
  92. Bisou Ângela
  93. Symphony des folies
  94. Venus en français
  95. Vênus
  96. Irmãos
  97. Astrologia: uma proposta humanista
  98. Aniversário de um ano do Blog Atrevida À Flor da Pele
  99. Norma
  100. Sinfonia insana
  101. Dia de ser mulher
  102. Eu esperança
  103. Aceitação
  104. Desconcertado
  105. Inquisição
  106. Por vir
  107. Fela
  108. Pro UFFilho meu
  109. Tanto faz?
  110. Nada como a luz
  111. Sonhos que podemos ter
  112. Mensagem de Natal
  113. Indizível redefinição
  114. Insana irreverência
  115. Vestígios
  116. A mitológica rebeldia
  117. Roda viva
  118. A loucura nossa de cada dia
  119. Memorial
  120. Explosiva
  121. Absolvição
  122. Maltratado pela agressão e vitorioso pela superação- Vitor Marques
  123. Desafio
  124. Devaneios
  125. Haicais
  126. Anjos caídos
  127. Réquiem pra um amor finito
  128. O show e o silêncio
  129. Vastos sentidos
  130. Imperativos artificiais
  131. O que você vai fazer?
  132. Anunciação
  133. Pacto
  134. Demasiado
  135. Portais poéticos
  136. Impublicável
  137. Sina
  138. Trânsitos
  139. Poesia em Laranjeiras
  140. Travessia
  141. Fúria
  142. Sentimento profundo
  143. Realejo
  144. Ciranda
  145. Manifesto
  146. Religare
  147. Relicário de amor
  148. Tempero
  149. Indefinição
  150. Sinfonia do silêncio
  151. Assinatura viva
  152. Tourada
  153. Delírio coletivo
  154. Sincronicidade
  155. Fragmentação
  156. Liberata
  157. Réquiem para Maricota
  158. Com tradições
  159. Pegadas
  160. Doce Rebelião
  161. Exaltação
  162. Poesia herege
  163. Por quê escrever?
  164. Faz frio mas eu canto
  165. Felicidade e sorte
  166. Profana anarquia
  167. Desacordar
  168. Para ser um aprendiz
  169. Imprevisível
  170. Humanos heróis
  171. Ser
  172. Viva Carne Viva
  173. Celebração
  174. ECT – Carne Viva ( Marcelo Ottoni)
  175. Humano dilema
  176. Esquecer e perdoar
  177. Diversidade dissonante
  178. Tributo ao que se foi
  179. Amor imperfeito
  180. O indefinível amor
  181. Lista de convites indecorosos
  182. Múltiplas personas
  183. Ecos da falta
  184. Delirantes razões
  185. Desatando nós
  186. Dança do fogo
  187. Repensando as relações: amor e sexo
  188. Reinvenção
  189. Microcosmo
  190. Alforria
  191. Só balões
  192. Beleza essencial
  193. The immortal soul
  194. Ser búdico
  195. The blue boy
  196. Para que o vento leve
  197. Os versos avessos
  198. Nodes
  199. Elementary questioning
  200. Questionamento elementar
  201. Atroz e atriz
  202. Nós
  203. Re-encontro
  204. Semente de amor
  205. Possessão
  206. Implosão
  207. Canção pra Flávia
  208. Necessárias cidades
  209. Desaba
  210. Poematerapia
  211. Atrevida à flor da pele
  212. Trova
  213. Familiares fragilidades
  214. À flor da pele
  215. O menino de azul
  216. O vento e o tempo
  217. Doces bárbaros
  218. Desapegar
  219. Eterno feminino
  220. Navegar é preciso
  221. Enfrente e verso
  222. Canto primitivo
  223. Quasar
  224. Liberdade tem preço
  225. Parabéns RIJAT
  226. Bisous
  227. Subversiva
  228. Parabéns Heraldo Born
  229. Alma imoral
  230. Ao mestre Pedro Tornaghi
  231. À beira do precipício
  232. Quixote
  233. Canção para Laura
  234. Fogo fátuo
  235. O ttom do Universo Ottoni
  236. Magia
  237. Ressuscita-me
  238. Site La Gran Época
  239. O amor não pode esperar
  240. Balada triste
  241. Poeira de paixão
  242. 50
  243. Guarda meus olhos pra eu não cegar
  244. Dedicatória
  245. Vertiginoso
  246. Sou sua

ACTRESS SOUL

I learned to inhabit my lonely emotion. I write to my imaginary son. The same fictional childhood´s companion. I live in the point ...